segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Eu sou como o vento natural

Eu sou como o vento natural
Tudo o que eu penso está no ar,
Você pode não me enxergar
Mas eu não paro de te tocar.

Você que me vê cantando
Simples como uma criança,
Você siga a minha paz
Eu sou essa esperança.

                                             Foto: Gélson Pessoa
Dudé Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário